Marvel: conheça os diretores da Fase 4 do UCM

Marvel: conheça os diretores da Fase 4 do UCM

Cada vez mais a Fase 4 se aproxima, os fãs já estão quase um ano sem receber nenhum filme da Marvel Studios depois do evento Vingadores: Ultimato e da comédia adolescente Homem-Aranha: Longe de Casa, mas dentro de pouco tempo, o estúdio já tem o seu próximo lançamento ansiando os fãs. Viúva Negra vai ser o primeiro filme da Marvel fora da cronologia do estúdio, indo explorar o passado de Natasha Romanoff e chegará ao cinemas dia 24 de abril. Mas a Fase 4 da Marvel ainda vai trazer muitas novidades para os fãs, que ainda se encontram inseguros com a qualidade, então, preparamos uma lista com todos os diretores da Fase 4 da Marvel para você ficar calmo.

Confira:

6 – Cate Shortland

A primeira de nossa lista é a aclamada diretora Cate Shortland. Tendo um currículo pequeno, mas aclamado, Cate, já dirigiu e escreveu premissas bem diversas. Seu primeiro crédito como diretora foi em 2004 com Somersault (sem nenhum título de tradução), um drama romântico explorando a descoberta sexual entre uma garota de dezesseis anos que conhece um filho de um fazendeiro. Possui 83% no Rotten Tomatoes e ainda foi passado em Cannes.

Dirigiu também o drama histórico Lore, sobre cinco irmãos que saem de um canto da Alemanha para irem para o outro lado para a casa de seus avós, após seus pais terem sido raptados por caçadores de nazista e ainda tendo que se juntar à um judeu. O filme foi exibido no Festival de Cinema de Sydney e possui 94% no Rotten Tomatoes.

Em 2017, lançou A Síndrome de Berlim, com Teresa Palmer e Max Rielmat, explorando uma moça que se encontra perseguida por um fotógrafo. Estreou em Sundance e possui 74% no Rotten.

Não há como sentir insegunça com uma diretora premiada dessas. Dá?

5 – Chloé Zhao

Zhao está encarregada do filme mais ambicioso da Marvel desde Vingadores: Ultimato, mas agora para apresentar conceitos e personagens totalmente novos no UCM, Eternos. Zhao também não possui um currículo extenso, assim como Shortland, mas chegou com tudo em 2015 com Songs My Brothers Taught Me (Canções que Meu Irmão me Ensinou, em tradução livre), tendo feito a sua estreia em Sundance e também em Cannes.

O filme fala sobre dois gêmeos que vivem com sua mãe e, um deles se envolve com tráfico de álcool para ajudar a pagar as contas de casa.

Seu segundo filme, The Ridder (O Cavaleiro, em tradução livre), estreou em Sundance, ganhando um prêmio do festival. O longa conta a história de um fazendeiro vivendo com seu pai e sua irmã autista, precisando enfrentar a pobreza. Possui 97% no Rotten Tomatoes.

Eternos vai ser um sucesso, não?

4 – Destin Daniel Cretton

Vindo do circuito mais independente, Destin, não é nenhum estranho no UCM, tendo em vista que já trabalhou três vezes com Brie Larson e uma vez com Michael B. Jordan.

Seu quarto e último filme, até o momento, se encontra no cinema; Luta Por Justiça que conta a história de um advogado que aponta o racismo do sistema judiciário americano enquanto tenta inocentar um condenado. Possui 81% no Rotten. Mas seu trabalho mais notório é Temporário 12, que conta a história de uma jovem moça conselheira no lar para crianças em péssimas condições de vida. Tem 98% no Rotten e conta com Brie Larson, tendo até sido aclamado por sua atuação no filme.

Destin vai ser uma bela adição para Marvel, num é?

3 – Sam Raimi

Talvez o diretor com mais carreira dentro do UCM e tendo trabalhos fortes no cinema, sendo responsável por duas trilogias influentes do cinema.

Seu primeiro filme, Uma Noite Alucinante: A Morte do Demônio, conta a história de cinco amigos que vão passar um fim de semana numa cabana na floresta e se deparam com um manuscrito amaldiçoado. Tem 95% no Rotten e abriu espaço para duas sequências.

Já tendo palco na Marvel, Raimi, dirigiu os três filmes do Homem-Aranha, o primeiro foi um sucesso massivo de crítica e público, assim como seu segundo filme, mesmo com o terceiro não sendo o mais querido, o diretor ainda conseguiu mudar o cinema do herói.

Arraste-me Para o Inferno também é um filme incrível, sendo lembrado pelo seu humor e sua nojeira, sendo um dos maiores sucessos do terror em 2009. Em breve, estará no cinema com Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura.

Sem dúvidas Raimi é um diretor que transmite confiança.

2 – Jon Watts (possivelmente)

O retorno de Jon Watts para o terceiro filme do Homem-Aranha no UCM é quase que certo, tendo em vista que o diretor dirigiu os outros dois filmes e foram sucessos de crítica e público. Sendo lembrado pela sua pegada mais juvenil do teioso e pelo abraço de toda uma nova geração. Homem-Aranha: De Volta ao Lar foi um dos filmes mais aclamados do UCM, junto de sua sequência, Homem-Aranha: Longe de Casa, que conquistou o bilhão e nos presenteou com a atuação incrível de Jake Gyllenhall.

Outro filme bem legal de Watts é: A Viatura; história sobre dois meninos de dez anos que acham uma viatura abandonada e saem dirigindo, mas acabam sendo perseguidos pela polícia.

Vocês querem mais Jon Watts?

1 – Taika Waititi

Um diretor divisor de águas entre os fãs, Waititi, volta ao estúdio com Thor: Amor e Trovão e, com um Oscar de Melhor Roteiro Adaptado por Jojo Rabbit.

Taika começou a fazer barulho em 2014 com seu longa O Que Nós Fazemos Nas Sombras, tendo 96% no Rotten. A aclamação se dá pela sátira aos vampiros e com o formato de documentário falso.

Outro filme bem aclamado foi A Fuga Para a Liberdade, que conta a história de uma criança fugindo com seu tio depois de um evento que pode separá-lo de sua família, tendo 96% no Rotten.

Ragnarok também foi um campeão aclamado pela crítica e trouxe um ar novo para um herói humilhado dentro do UCM.

Seu último filme, Jojo Rabbit, recebeu críticas mistas, mas acabou chegando no Oscar com múltiplas indicações e uma vitória.

Taika é com certeza um gênio do cinema atual.

-

Mas e aí, ta mais seguro agora? Qual filme da Fase 4 você está mais ansioso? Comente.

Lembrando que Viúva Negra estreia dia 24 de abril nos cinemas do Brasil.

Ver comentários