Bonnie Langford, estrela de Doctor Who, reflete sobre a evolução de Mel Bush

junho 17, 2024 - 7:59 PM

A atriz Bonnie Langford, intérprete da icônica companion Mel Bush em “Doctor Who”, compartilhou recentemente suas impressões sobre a experiência singular de contracenar com diferentes encarnações do protagonista da série, o Doutor. Langford estreou em “Doctor Who” em 1986, ao lado do Sexto Doutor, Colin Baker, e permaneceu na série durante a era do Sétimo Doutor, Sylvester McCoy. Sua trajetória na série continuou com participações marcantes, incluindo o especial de 60 anos.

Em entrevista, Langford abordou a evolução de sua personagem, que vivenciou as transformações do Doutor através de suas regenerações. Diferente de outros personagens que são reformulados com novos atores, a mudança do Doutor é mais profunda, mantendo a essência do personagem, mas com uma nova personalidade. “É como se uma nova pessoa assumisse o papel, mas com o núcleo do personagem intacto, porém em uma roupagem diferente”, refletiu a atriz.

Essa dinâmica proporcionou a Langford um desafio único como atriz. Mel precisou se adaptar a cada novo Doutor, o que trouxe uma nova perspectiva para suas interações com o Senhor do Tempo. “No começo, me perguntava como Mel se sentiria, pois aquele não era o seu Doutor”, confessou Langford.

Com o passar do tempo, Mel aprendeu a aceitar as mudanças e a apreciar as características únicas de cada Doutor. “Ela se acostumou com essa pessoa com qualidades diferentes, que não esperava, que não estavam presentes nos seus primeiros Doutores. Mas também estamos em uma era diferente, uma geração diferente, e acho que ela abraça isso. Ela ama o fato de que, no coração, literalmente dois corações dessa pessoa, ela sabe que eles são muito especiais”, explicou Langford.

A jornada de Mel Bush em “Doctor Who” é marcada por altos e baixos, desde seu início conturbado, passando pela turbulenta regeneração do Sexto Doutor, até sua saída serena da TARDIS para se aventurar com o malandro Sabalom Glitz. Seu retorno à Terra e subsequente trabalho na UNIT solidificaram sua ligação com o mundo do Doutor, mesmo em sua ausência.

Sua participação no especial de 60 anos, ao lado dos Doutores Quatorze e Quinze, consolidou Mel como uma ponte entre o passado e o presente da série, especialmente por ser a única companion clássica a aparecer na nova fase da série, com Ncuti Gatwa no papel principal. Langford indica que Mel está preparada para qualquer desafio, moldada por décadas de viagens no tempo, e promete que a personagem continuará a ser uma peça fundamental na trama da série.tunesharemore_vert

Pipoca Extra: