David Ayer diz que o visual do Coringa de Jared Leto 'funcionou melhor quando ele era assustador'

David Ayer diz que o visual do Coringa de Jared Leto 'funcionou melhor quando ele era assustador'

O visual do Coringa de Jared Leto recebeu muitas críticas, mas o diretor de Esquadrão Suicida, David Ayer, continua a defendê-lo em suas páginas nas redes sociais. No início deste mês, Ayer compartilhou uma imagem comparando a arte em quadrinhos do Coringa com a versão de Jared Leto do vilão icônico da DC Comics, criticando aqueles que consideravam sua aparência “não digna de quadrinhos”.

Agora, Ayer está dizendo que o visual do Coringa de Leto “funcionou melhor quando ele era assustador” e que “suavizá-lo quebrou a ilusão”, sugerindo que a Warner Bros. atenuou o desempenho do ator durante a edição do filme.

: “Está tudo bem em não gostar? Eu apenas nunca me agradei com esta versão. Apenas por causa das tatuagens e do tom. Existe um lugar para nós, fãs razoáveis, que não gostam que ele exista? Foda-se esse cara, obviamente, mas acho difícil expressar uma opinião sobre esse Coringa hoje em dia…”

Ayer: “Entendi. Seu visual funcionou melhor quando ele era assustador – suavizá-lo quebrou a ilusão”.

Com o ‘Snyder Cut’ da Liga da Justiça chegando à HBO Max no próximo ano, os fãs de Esquadrão Suicida pediram à Warner Bros. para lançar a versão de David Ayer do filme através do serviço de streaming da WarnerMedia. No mês passado, o próprio Ayer revelou que sua versão do filme estava quase terminada.

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social.
Ver comentários