Ray Fisher afirma que Joss Whedon era pouco profissional e abusivo no set de 'Liga da Justiça'

Ray Fisher afirma que Joss Whedon era pouco profissional e abusivo no set de 'Liga da Justiça'

Nos últimos dias, a estrela que interpreta Ciborgue, Ray Fisher, revelou novas informações sobre o comportamento de Joss Whedon no set de Liga da Justiça. Como já sabemos, Joss Whedon, é claro, assumiu a pós-produção do longa depois que Zack Snyder deixou o filme após uma tragédia familiar.

Ray Fisher, no entanto, revelou que se arrependeu de uma declaração que fez quando chamou o diretor de “a melhor pessoa para assumir a produção do filme” e, hoje cedo, revelou que o diretor era pouco profissional e abusivo no set. Além disso, ele alegou que os produtores Jon Berg e Geoff Johns apoiavam tais condutas.

“O tratamento que Joss Whedon seu ao elenco e à equipe no set de Liga da Justiça foi nojento, abusivo, antiprofissional e completamente inaceitável. Ele foi apoiado, de muitos modos, por Geoff Johns e Jon Berg.”

Dirigido por Zack Snyder, Liga da Justiça é estrelado por Ben Affleck, Henry Cavill, Amy Adams, Gal Gadot, Ezra Miller, Jason Momoa, Ray Fisher, Jeremy Irons, Diane Lane, Connie Nielsen, J.K. Simmons e Ciarán Hinds. A versão de Snyder deve chegar a HBO Max em 2021.

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social.
Ver comentários