Executivo da Warner Bros diz que onda de cancelamentos chegou ao fim

Remasterizado em:
westworld 1

A onda de cancelamentos em massa pela Warner Bros. que atormentou 2022 aparentemente acabou — pelo menos de acordo com um de seus chefes. No ano passado, filmes como Batgirl e Scoob!: Holiday Haunt foram cancelados antes mesmo de estrearem, enquanto série como Westworld e The Time Traveler’s Wife não foram renovadas.

Segundo a Variety, o CFO da Warner Bros. Discovery, Gunnar Wiedenfels, anunciou agora que, nos próximos 12 meses, eles procurarão expandir os negócios.

“Dedicamos um pouco de tempo para garantir que faríamos isso corretamente”, disse ele em uma conferência. “Para alguns dos títulos, encontramos novos lares em outros lugares. É por isso que isso levou seis ou sete meses. Mas acho que chegamos a ótimas soluções e, o mais importante, encerramos esse capítulo.”

Segundo a publicação, após a aquisição da WarnerMedia pela Discovery, a empresa teve que cortar US$ 3 bilhões em custos. No final de 2022, esse valor havia subido para US$ 3,5 bilhões, levando a ainda mais cortes.

Com os cancelamentos, o serviço de streaming da Warner Bros., HBO Max, também está removendo alguns títulos como Westworld, The Nevers e Raised By Wolves, que estão sendo transferidos para serviços de streaming com anúncios, enquanto outros, incluindo várias centenas de episódios de Looney Tunes e Flintstones, foram removidos completamente.

Pipoca Extra: