Analista sugere que a Netflix possa se beneficiar dos surtos de coronavírus

Analista sugere que a Netflix possa se beneficiar dos surtos de coronavírus

A economia global está sofrendo um ataque substancial devido ao surto generalizado de coronavírus, mas existem algumas empresas que realmente se beneficiam dos efeitos sociais da doença, e a Netflix é uma delas. Embora a disseminação da doença prejudique empresas, o cinema e até mesmo redes de supermercados, acaba ajudando seriamente as empresas que lucram com serviços de streaming.

Com um aumento nas ações da Netflix de 0,8% nesta última semana, Dan Salmon, analista da BMO Capital Market afirma:

“A Netflix é um beneficiário óbvio se os consumidores ficarem em casa devido a preocupações com o coronavírus (COVID-19), e isso se refletiu no considerável desempenho das ações nesta semana”.

Obviamente, os serviços de streaming terão um aumento de uso se as pessoas ficarem presas em casa, isto inclui também o Disney+, o Amazon Prime, entre outros serviços.

“Se a contaminação se tornar mais difundida internacionalmente, mas com pouco pânico, é provável que mais pessoas busquem opções de entretenimento doméstico, como empresas de Comcast e AT&T, e programas de TV e filmes da Netflix, Disney+, Peacock da Comcast, HBO Max da AT&T e outros”. Sugeriram analistas da Moody’s Investors Services.

Essas informações reforçam o argumento de que hoje em dia tornou-se mais lucrativo utilizar as plataformas de streaming para lançar grandes filmes que as pessoas podem consumir repetidamente durante anos sem precisar sair de casa.

Ver comentários