Cinemas na China podem ser reabertos no final deste mês

Cinemas na China podem ser reabertos no final deste mês

O novo Coronavírus (COVID-19) parou grande parte do mundo, pois populações inteiras de pessoas estão sendo colocadas em quarentena ou se auto-isolam para ajudar a impedir a propagação do vírus. O setor de cinema tem sido um dos muitos negócios de entretenimento economicamente impactados pela pandemia, com redes americanas como a AMC e a Regal desativando suas salas de cinema pelas próximas semanas. No entanto, enquanto os EUA e a Europa estão agora no auge da pandemia, a China está considerando reabrir suas salas de cinema.

Conforme informações da Deadline, fontes do setor de entretenimento dos EUA agora estão relatando que o China FIlm Group em Shinghai e outras filiais do China Film Bureau estão atualmente reabrindo para negócios. A sessões chinesas estão fechados desde o Ano Novo Lunar, em janeiro, quando o país estava passando pela fase mais terrível da com o COVID-19.

A quantidade de diagnósticos diários de COVID-19 na China caiu drasticamente nos últimos dias, indicando que o vírus está sendo contido com sucesso no paíos. Dados os efeitos econômicos debilitantes da pandemia, não é surpresa que líderes da indústria e autoridades do governo chinês desejem recuperar a lucrativa e influente indústria do entretenimento, depois de sofrer perdas estimadas de US$ 2 bilhões.

Como o CEO da IMAX, Richard Gelfond, disse ao Deadline: “Eles estão começando a traçar um plano para a reabertura do cinema na China. Eles estão começando a avaliar quais filmes estão disponíveis, em quais períodos e como desejam gerenciar a reabertura”.

A Variety informa mais detalhes sobre como a China planeja a reabertura do Cinema: “o principal distribuidor estatal da China planeja emitir um lote de meia dúzia de filmes, dos quais os cinemas manterão toda a receita, a fim de recuperar o setor de exibição do país depois de longos fechamentos devido ao coronavírus”.

O importante aqui é que a prova dessa intenção é que não está sendo feita apenas para gerar interesse nos cidadãos chineses para que estes vão ao cinema, mas já está sendo comprovada com a venda de ingressos antecipados. Foi declarado pelos relatórios da Deadline e da Variety que 100% dos lucros dessa reabertura chinesa irá para os próprios cinemas, para amortecer as perdas significativas.

Ver comentários