Diretora de Aves de Rapina fala sobre como o filme retrata a feminilidade

Diretora de Aves de Rapina fala sobre como o filme retrata a feminilidade

Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa está programado para chegar aos cinemas em apenas uma questão de semanas, e os fãs estão realmente animados em ver como ficará o produto final. O filme, que apresentará um conjunto de algumas das personagens femininas mais queridas da DC, vem sendo bastante exaltado, devido ao seu estilo único e a abordagem feminista. Em uma entrevista recente à Entertainment Weekly, o elenco e a equipe de Birds of Prey descreveram o que isso implica, começando com a estrela do filme, Margot Robbie.

“Queríamos que as pessoas experimentassem como seria a vida quando você a vê do ponto de vista da Harley”, explicou Robbie, que também produz o filme. “É apenas este mundo brilhante, papoula, elevado e fantástico”. “Ela é bem feminina de uma maneira muito superficial. Ao mesmo tempo, ela é tão durona”, acrescentou a diretora Cathy Yan. “Gostei dessa tensão. Foi emocionante criar uma versão não filtrada da Harley Quinn. Acho que às vezes equiparamos a feminilidade com ser educada”, continuou Yan. “Mas não é a mesma coisa.”

Essa abordagem feminista ficou evidente em todo o marketing de Aves de Rapina até agora, introduzindo a nova amizade de Harley Quinn com as personagens Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell), Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), Renee Montoya (Rosie Perez) e Cassandra Cain (Ella Jay Basco). Embora o público em geral ainda não conheça as outras personagens através do cinema, espera-se que as maneira que forem apresentadas, atinjam a expectativa do público.

Ver comentários