Diretor de Mulan explica por que não há músicas no remake

Diretor de Mulan explica por que não há músicas no remake

O próximo filme live-action da Disney, Mulan, não terá músicas e o diretor do longa explicou porque isso acontecerá. Durante uma entrevista para promover o longa, Niki Caro revelou que para manter a realidade de um live-action, ou seja, com atores reais, o longa não poderá ter aquelas músicas animadas no estilo Frozen até porque, como afirmou ele mesmo, ninguém canta no meio da guerra.

“Eu pensei nessa adaptação do ponto de vista mais realista, e quem é que canta no meio da guerra? Os personagens estão em guerra, entre espadas e flechas…”, disse ela. “Não sou contra a Animação, não é isso, mas são aspectos diferentes. As músicas são brilhantes e vamos honrá-las de uma maneira muito significativa. Mas eu me concentrei no drama de uma menina que está enfrentando uma guerra como um soldado.”

Depois, ela explicou outra polêmica: a ausência do dragão Mushu:

Mushu faz sentido na Animação… Mas nesta versão há um representante da criatura, meio que uma representação espiritual dos ancestrais de Mulan, o que reforça o relacionamento dela com o pai. Foi assim que representamos a ideia de Mushu no live action.”

Mulan deve estrear em março de 2020 nos cinemas.

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social. Siga também nosso parceiro 1NerdCômico no Instagram.
Ver comentários