James Gunn apoia ideia de alterar etnia de personagens brancos

James Gunn apoia ideia de alterar etnia de personagens brancos

A Marvel Studios levou dez anos e quase 20 filmes para que Pantera Negra fosse lançado, um filme que se tornou uma das franquias mais lucrativas para a Disney. Mesmo assim, Kevin Feige e sua equipe não contrataram uma mulher para dirigir um dos filmes do estúdio até Capitã Marvel, o 21º filme lançado pelo estúdio.

Durante uma recente entrevista, James Gunn defendeu a ideia de alterar a etnia de personagens em filmes, como quando Will Smith foi escalado como Deadshot em Esquadrão Suicida. Nos quadrinhos, como o fã informou, o personagem é branco, assim como sua versão no Arrowverse.

“Novamente, isso é muito simples – as pessoas não estão fazendo filmes sobre super-heróis desconhecidos”, respondeu Gunn no post. “Além disso, é inatamente discriminatório pensar que o que determina um personagem um personagem é sua etnia e não sua personalidade. O que foi, se não racismo, as reações que David Ayer e John Watts receberam por colocar Will Smith como Deadshot e Zendaya como Mary Jane, sendo que eu escalei Drax e Mantis como alienígenas em Guardiões e não passei nem metade do que eles passaram?”

“Na maioria das vezes são ótimas escolhas de elenco Will Smith é bem parecido com Floyd dos quadrinhos, ser negro não muda isso. E isso não é feito sem motivo – geralmente é mais eficaz para refletir o nosso mundo e contratar o melhor ator para o papel, independente da raça. Se David Ayer tivesse imaginado que Mark Wahlberg faria um Deadshot melhor, provavelmente teria chamado ele,” finalizou ele.

O que você acha sobre isso? Comente abaixo!

Ver comentários