O Chamado da Floresta não consegue atingir as expetativas de bilheteria

O Chamado da Floresta não consegue atingir as expetativas de bilheteria

Saindo de seu maior ano de bilheteria até agora, a Disney pode ter sua primeira decepção do ano com O Chamado da Floresta. O longa baseado no romance clássico de Jack London e estrelado por Harrison Ford, está tendo dificuldades em bater a sua meta de bilheterias, de acordo com especialistas do setor. Em um relatório da Variety, O Chamado da Floresta custou US$ 125 milhões, o que significa que seria necessário arrecadar entre US$ 250 milhões e US$ 275 milhões nas bilheterias para se equilibrar. O filme arrecadou apenas US$ 79 milhões até sábado, seu segundo final de semana nos cinemas.

O lançamento do filme chegou em um momento de incerteza nos mercados internacionais devido ao surto de coronavírus (Covid-19), que causou o fechamento da maioria das instalações públicas, incluindo cinemas, em países com grandes mercados de bilheteria, como a China e o Japão.

Em agosto de 2019, o Walt Disney Studios tinha cinco filmes programados para arrecadar mais de um bilhão de dólares em todo o mundo. Esse número no fim aumentou para sete filmes até o final do ano, graças aos lançamentos tardios de Frozen 2 e Star Wars: A Ascensão Skywalker. A Disney acabou arrecadando mais de US$ 11 bilhões no ano passado, superando o recorde de US$ 7,6 bilhões que ficou marcado em 2016.

Ver comentários