O Homem Invisível: Elisabeth Moss aborda como o filme simboliza os vários tipos de abuso

O Homem Invisível: Elisabeth Moss aborda como o filme simboliza os vários tipos de abuso

Em entrevista ao Empire, Elisabeth Moss falou sobre como o aguardado remake de ‘O Homem Invisível’, que chega em breve aos cinemas, faz várias referências aos tipos de abuso.

“Você literalmente tem um homem que é invisível, você não pode vê-lo, ela diz que ele está ali, que ele a está atacando, abusando dela, manipulando-a, e todos ao redor dela dizem ‘relaxe. Tudo está bem’. E ela continua insistindo que ‘ele está vivo, ele está fazendo isso’, e ninguém acredita nela. Essa analogia é incrivelmente clara”.

Escrita e dirigida por Leigh Whannell (‘Upgrade‘), a nova versão teve baixo orçamento e é descrita como “assustadora”.

A estreia está marcada para 27 de fevereiro.

Ver comentários