Presidente da Universal Pictures admite falha na criação do Dark Universe

Presidente da Universal Pictures admite falha na criação do Dark Universe

A Universal tinha em mente criar um universo compartilhado entre os monstros clássicos, como Frankstein, Drácula, Múmia e o Homem Invisível, o projeto acabou sendo esquecido após o fracasso de crítica e bilheteria do reboot de A Múmia, estrelado por Tom Cruise.

O presidente da Universal Pictures, Donna Langley, deu uma entrevista ao site The Hollywood Reporter, onde explicou o motivo pelo qual o projeto não foi para a frente e que o público não queria e não estava preparado para aquilo no momento.

“Nós tentamos criar um universo de monstros clássicos, mas nós falhamos. Percebemos que o público nunca pediu por aquilo, a gente sabe que aqueles personagens são icônicos por um motivo. Não há nenhuma urgência em ver esses personagens juntos agora.”

Langley ainda continuou dizendo que os monstros continuarão sendo adaptados, mas que o projeto do universo compartilhado não está perto de acontecer.

“Decidimos dar um passo atrás e continuarmos as adaptações de forma criativa. Vamos dar voz aos diretores, ainda que não tenha grandes franquias ou orçamentos altos. Ainda podemos contar nossas histórias como queremos.”

O reboot de A Múmia foi lançado em 2017 e recebeu diversas críticas do público e da crítica tradicional, sendo considerado um fracasso.

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social. Siga também nosso parceiro 1NerdCômico no Instagram.
Ver comentários