Reboot de "O Grito" é considerado uma decepção

Reboot de "O Grito" é considerado uma decepção

O lançamento de um filme de terror no primeiro mês do ano é frequentemente um indicador de que o estúdio está com uma decepção em suas mãos, uma tendência que parece estar se provando verdadeira com o lançamento de o “O Grito”, tanto para o público quanto para a crítica, pois ambos estão desapontados com a experiência assistida.

O filme não foi exibido para críticos antes do lançamento, forçando que, assim como os fãs, eles assistissem ao longa na última noite de quinta-feira nos Estados Unidos (o filme chega ao Brasil apenas em fevereiro). O fato é que “O Grito” amargou 14% de aprovação no Rotten Tomatoes (até o momento), um pontuação extremamente baixa.

No filme, “Em uma casa, uma maldição nasce após uma pessoa morrer em um momento de terrível terror e tristeza. Voraz, a entidade maligna não perdoa ninguém, fazendo vítima atrás de vítima e passando a maldição adiante.”

No Brasil, O Grito chega em 13 de fevereiro.

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social. Siga também nosso parceiro 1NerdCômico no Instagram.
Ver comentários