Livros de Arthur C. Clarke que merecem filmes

Livros de Arthur C. Clarke que merecem filmes

Quem nunca leu um bom livro, que por um motivo ou outro não tem uma adaptação para os cinemas e se perguntou depois: “- Por quê isso não virou filme ainda?”

Pois é, tem um autor do qual muitas das obras são perseguidas por essa questão, autor esse que é Arthur C. Clarke (1917-2008).

Clarke é um dos mais famosos e prestigiados escritores de ficção científica de todos os tempos, mas mesmo assim, apenas dois de seus livros viraram filmes: O mega clássico 2001 - Uma Odisseia no Espaço, dirigido por ninguém mais, ninguém menos que Stanley Kubrick e 2010 - O ano em que faremos contato com Roy Scheider como personagem principal.

Porém, uma boa parte dos romances do autor tem potencial para o cinema, á seguir listamos alguns deles que poderiam muito bem ganhar filmes.

O Berço dos Super-Humanos (1988)

Escrito em parceria com outro autor chamado Gentry Lee, Cradle (Berço, em tradução livre), mostra uma jornalista, que acompanhada por um capitão e seu ajudante, navegam no Golfo do México para investigar uma possível história sobre um míssil perdido, mas o que eles encontram lá e bem mais surpreendente: uma nave espacial submersa tripulada por robôs.

Apesar, de alguns detalhes desnecessários sobre os personagens, o livro tem uma pegada bem cinematográfica, o que surpreende que ele não tenha ganho um longa até hoje.

O Fim da Infância (1953)

A humanidade finalmente tem a confirmação da existência de vida alienígena, quando uma enorme frota de naves espaciais surge nos céus do planeta.

Os alienígenas que se dizem pacíficos, supostamente estão na Terra para impedir o seu fim e levar a humanidade á prosperar, porém existe muita desconfiança, já que os visitantes não revelam as suas verdadeiras formas.

Depois de cinco décadas os agora chamados “Overlords” finalmente se revelam e eles são como os demônios; grandes, vermelhos, com chifres e asas, indicando assim o motivo por recearem se mostrar ao mundo.

Eles provam que não são malignos, porem eles servem á uma “inteligência cósmica” e ela sim tem planos para a humanidade.

Considerado um dos melhores trabalhos de Clarke (e também um dos mais exóticos), “O Fim da Infância” já foi cogitado ao cinema muitas vezes, mas até hoje a sua única adaptação foi uma minissérie produzida pelo Syfy Channel.

Encontro com Rama (1973)

Imagine um mundo em forma cilíndrica, agora imagine que esse mundo tem “cidades”, um “mar” e é até respirável, porem parece estar desabitado á séculos e quem o construiu e para que propósito, são completos mistérios.

Este é a trama de “Encontro com Rama”, um dos melhores e mais prestigiados trabalhos de Clarke.

Ao longo dos anos, Rama ganhou sequências (que explicam os mistérios), jogos e até adaptações para o rádio, mas nenhum filme e olha que até mesmo Morgan Freeman, demostrou interesse em produzir um.

As Sequências de 2001

Como dissemos no começo do artigo, apenas dois livros do autor viraram filmes, 2001 e 2010, mas Clarke escreveu mais dois romance ambientados nesse universo, finalizando a história do misterioso Monólito e os seus ainda mais enigmáticos criadores, livros esses que são “2061: Uma Odisseia no Espaço 3” de 1988 e “3001: A Odisseia Final” de 1997.

Adaptar esses livros ao cinema, me parece uma boa ideia.

Claro, acho que ninguém tem a pretensão de superar o 2001 de Kubrick (o 2010 mesmo é bastante inferior), mas não vejo motivos para diretores atuais como o Christopher Nolan por exemplo, levarem os demais livros ao cinema.

-

Então, você já conhecia os livros citados? Concorda que eles merecem uma chance no cinema? Deixe sua opinião, comente!

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social.
Ver comentários