“Megalopolis”, épico de ficção científica de Francis Ford Coppola, será distribuído pela Lionsgate

Remasterizado em:

O épico de ficção científica “Megalópolis”, projeto pessoal do renomado diretor Francis Ford Coppola, finalmente encontrou sua distribuidora. A Lionsgate anunciou que lançará o filme nos cinemas dos Estados Unidos e Canadá ainda neste segundo semestre, após uma recepção controversa no Festival de Cannes

Com um elenco de peso, incluindo Adam Driver, Giancarlo Esposito e Nathalie Emmanuel, o filme despertou reações mistas na estreia em Cannes, levantando dúvidas sobre seu desempenho em um lançamento mais amplo.

“Francis é uma lenda. Para muitos de nós, seus presentes para o cinema foram uma das inspirações para dedicarmos nossas próprias carreiras ao cinema”, declarou Adam Fogelson, presidente do Lionsgate Motion Picture Group, em comunicado oficial. “É um verdadeiro privilégio trabalhar com ele e levar este filme incrível, audacioso e totalmente único ao público.”

Coppola, por sua vez, expressou sua satisfação com a parceria: “Uma regra de negócios que sempre segui e priorizei (para meu benefício) é continuar trabalhando com empresas e equipes que, ao longo do tempo, provaram ser bons amigos, além de ótimos colaboradores”, afirmou o diretor. “É por isso que estou emocionado por ter Adam Fogelson e a Lionsgate Studios lançando ‘Megalópolis’. Tenho certeza de que eles aplicarão o mesmo carinho e cuidado dedicado a ‘Apocalypse Now’, que está atualmente em seu 45º ano de receitas e reconhecimento surpreendentes.”

“Megalópolis” se passa em uma Nova York futurista devastada por um desastre, explorando o conflito entre visões distintas para o futuro da cidade. O filme conta com um orçamento robusto, financiado em parte pelo próprio Coppola, que vendeu parte de sua vinícola para concretizar o projeto.

A recepção inicial do filme tem sido polarizada. Apesar de ter recebido uma ovação de sete minutos em sua estreia em Cannes, alguns críticos fizeram avaliações negativas, enquanto outros elogiaram a ousadia e a originalidade da obra. O filme atualmente possui uma aprovação de 52% no Rotten Tomatoes, indicando uma divisão clara entre os especialistas.

Pipoca Extra: