Opinião: Jumanji - Próxima Fase

Opinião: Jumanji - Próxima Fase

Muitos ficaram com os dois pés atrás quando a Sony anunciou que faria um continução do clássico “Jumanji” de 1995, eternizado por Robin Williams no papel principal como Alan Parrish. Lançado em 2017, “Jumanji – Bem-Vindo à Selva” se tornou um sucesso tanto de crítica quanto de Bilheteria, lucrando mais que muitos filmes grandes daquele ano. Com uma história nova, leve e divertida, era de se esperar que uma sequência fosse produzida, e não demorou nem 1 mês para que fosse anunciada.

Mantendo o nível de seu antecessor, “Próxima Fase” é discutivelmente o melhor blockbuster “família” do ano, sendo uma obra que vai ter piadas e graça para todos os públicos, chegando a fazer isso de uma forma melhor que muitos filmes da Marvel, que acabam por ter basicamente a mesma premissa. Claro que como na maioria dos filmes de diversão, temos muitos momentos forçados e que destoam do filme; porém, mesmo nestes momentos, os atores conseguem fazer seu melhor e não te tirarem do filme.

A história é mais uma vez básica e sem nenhuma complicação, mas traz diversos momentos tocantes e de reflexão sobre relacionamentos, tanto de casais como de amizades, fazendo-os de uma excelente forma. Isto se deve também aos atores que conseguem passar emoções e atuam de uma forma que você enxerga bem os seres humanos dentro daqueles personagens do game. Danny Glover em poucos minutos de tela consegue passar uma imagem que Kevin Hart mantém por mais de uma hora no filme. O mesmo com Danny DeVito e Dwayne Johnson. Ver um homem com 100 kg de puro músculo atuando como um idoso chato é com certeza uma das coisas mais engraçadas que você verá.

Jack Black talvez seja o ator que menos se destaca até o ato final do filme, o roteiro na parte do personagem deixou um pouco a desejar, enquanto Karen Gillan tem ainda maior destaque por se tornar uma líder do grupo e, por mais que Johnson, Black e Hart sejam nomes maiores hoje na indústria, ela é com certeza a protagonista. Ainda temos outros personagens que não aparecem nas divulgações e que acrecentam muito para a história, apenas elevando seu nível.

O terceiro filme sofreu da “maldição do terceiro” sendo o mais “fraco” dos três, mas é excelente e perde por pouco para os dois anteriores. Na verdade, pode se afirmar que este é o “menos bom” da franquia que possivelmente terá mais um filme, já que este deixa uma ponta para uma continuação e a Bilheteria está indo bem. Nós agradecemos.

Jumanji – Próxima Fase” estreia dia 16 de janeiro no Brasil.

Nota: 8.0

Gosta do CineVício? Também estamos no Instagram e Facebook, siga-nos por lá e receba nosso conteúdo direto na sua rede social.
Ver comentários