!!Terry Jones!! de Monty Python, morre aos 77 anos

Terry Jones teve grande influência no cenário da comédia e foi membro do clássico grupo Monty Phyton.

Terry Jones, membro do icônico grupo de comédia britânico Monty Python, faleceu aos 77 anos. Sua morte ocorreu cinco anos após ser diagnosticado com demência após shows no ano de 2014.

LEIA MAIS:

O grupo foi responsável pela criação da série cômica Monty Python’s Flying Circus, um programa de televisão britânico que foi ao ar pela primeira vez em 5 de outubro de 1969. Jones conheceu Michael Palin, co-membro do Python, na Universidade de Oxford, e com seus colegas comediantes co-escreveu e estrelou Monty Python e o Santo Graal (1975), que ele co-dirigiu, Life Of Brian (1979) e The Meaning Of Life (1983), pelo qual recebeu o único crédito de direção. Se reuniu com os membros sobreviventes do grupo para os shows ao vivo no O2 em Londres em 2014.

Além de Monty Python, Jones escreveu o roteiro do amado labirinto de fantasias de Jim Henson, e em 1996 escreveu e dirigiu uma adaptação em live-action de The Wind In The Willows, que contou com participações de colegas Pythons, incluindo Eric Idle, Michael Palin e John Cleese. Em meados dos anos 70, ele co-criou a série de antologia da BBC Ripping Yarns com Michael Palin. Seu trabalho final de ficção como roteirista e diretor foi a comédia de ficção científica Absolutely Anything de 2015, estrelada por Simon Pegg e Kate Beckinsale, que contou com participações dos companheiros Cleese, Gilliam, Idle e Palin, além do próprio Jones.

Por conta de sua condição, acabou perdendo a capacidade de falar, mas as histórias que contribuiu tanto como membro do Monty Python e outros projetos ao longo de sua vida serão lembradas e revividas por muitas gerações. Terry Jones deixa sua esposa Anna Söderström e seus filhos Sally, Bill e Siri.

A equipe CineVicio presta condolências e sentimentos à família e amigos de Terry.